Kelly Mendes

  • Enfermeira / ESSLei – IPL
  • Buarcos'10

Como vou descrever os dias passados no Projecto SMS em Buarcos?! São tantas as palavras que poderia escrever mas penso que nenhuma consegue descrever esta experiência como a palavra INESQUECÍVEL! As amizades formadas, a experiência de dar à comunidade sem esperar receber nada em troca, os sorrisos daqueles que talvez só queriam cinco minutos de conversa, enfim, tudo daqueles dias contribuíu para tornar a experiência de participar numa acção destas extremamente enriquecedora e gratificante! Espero voltar a ver a família dos SMS´ers um dia. A todos um muito obrigado!

Helena Correia

  • Técnica de Cardiopneumologia / ESTeSL
  • Silvares'10

Silvares, uma pequena vila no concelho do Fundão, em que o peso da idade e do trabalho está reflectido na face e nas mãos de cada pessoa. E o prazer de puder ver cada rosto a sorrir é o que constrói um bem-estar interior, que só quem o vivenciou consegue perceber. Foram quatro dias num local perfeito, com pessoas perfeitas, um momento que comporta muito divertimento, muito trabalho, muito convívio e um milhão de sorrisos que tornam este mundo um mundo melhor. Porque todos nos juntamos pela saúde, dando o nosso melhor, "pelo melhor de cada um".


Foi realmente uma experiência espectacular, onde reinou a organização, confiança, cumplicidade, amizade e solidariedade.

Inês Oliveira

  • Enfermeira / ESSLei – IPL
  • Silvares'10

Quando pela primeira vez ouvi falar no Projecto SMS e me inscrevi nele, não tinha a noção real do que era o projecto nem como seria participar nele. A verdade é que ao partir para Silvares, para três dias de rastreio, as expectativas eram imensas. E mais verdade ainda é que ao regressar todas essas expectativas foram alcançadas e mais que ultrapassadas. Foram três dias de rastreio onde tive a oportunidade de intervir a vários níveis para a promoção da saúde e prevenção da doença na população de Silvares.


Foi realmente uma experiência nova, óptima, alegre e enriquecedora (tanto a nível pessoal como profissional) que quero, sem dúvida, repetir!


Um aspecto que preciso realçar é o facto de desde o primeiro minuto me sentir em família com toda a equipa da Tecnifar, bem como com todos os outros voluntários. Foram poucos dias de convívio entre todos nós mas foram dias intensos e que deixaram muitas saudades.


Um Muito Obrigado a todos vós! Muitos parabéns a toda a equipa, lutadora e incansável, por manterem este projecto tão importante para a comunidade e para os profissionais que contribuem em cada acção.


Foi trabalhoso, cansativo mas muito, muito, gratificante! Demos o nosso melhor "pelo melhor de cada um"! Até breve…

Vânia Francisco

  • Enfermeira / ESSLei-IPL
  • Terrugem'10 e Vila Verde'10

Participar no projecto SMS foi, sem dúvida, ganhar, mais do que dar. Cada sorriso arrancado e cada obrigado recebido permitiram-me crescer a todos os níveis, contribuindo para o melhor de mim, mas acima de tudo "pelo melhor de cada um".


Considero que esta experiência foi extremamente gratificante não só porque pude aperfeiçoar as minhas capacidades, como porque conheci pessoas fantásticas que, sem dúvida me enriqueceram profissional e pessoalmente.


É, de certo, uma experiência a repetir também pela intensidade com que são vividos aqueles dias e que tanta alegria trazem a todos os envolvidos!


Obrigada por tudo a todos os participantes e principalmente ao staff, sempre incansável.


Até breve.

Rui Feteira

  • Enfermeiro / ESSLei – IPL
  • Terrugem'10

O projecto SMS revelou-se uma experiência única na minha vida. Foi fantástico estabelecer novas amizades, conhecer diferentes realidades e poder actuar em “família”, envolvido num espírito de equipa e inter-ajuda fantástico. Poder utilizar e transmitir um pouco dos meus conhecimentos e capacidades profissionais em prol da comunidade escolar da Terrugem, encheu-me de motivação e fortaleceu, sem dúvida, as minhas competências pessoais e profissionais, demonstrando-me como é fácil ser solidário, basta querer. À “família” presente na Terrugem aqui fica um abraço e um até já…

Cândida Vila

  • Voluntária Staff / Tecnifar
  • Terrugem'10 e Damaia'10

Quando ouvimos falar do Projecto SMS, quando vemos noticias e apresentações, não temos a verdadeira consciência do que é este projecto. Participar no SMS da Terrugem fez com que sentisse aquilo que já tinha ouvido outros descreverem, mas que não entendia na sua essência. É realmente muito bom podermos ajudar e dar algo esperando apenas que o nosso contributo resulte em mudança positiva.


A equipa no todo e com um objectivo comum foi exemplar. A organização de todo o SMS é admirável pela forma como tudo é previsto e organizado. Para repetir sem dúvida…


Solidariedade só é difícil dizer…

Luciana Sousa

  • Enfermeira / ESSLei – IPL
  • Terrugem'10

Sou voluntária há 6 anos, actuando em várias áreas de intervenção na comunidade. Mas contribuir para o projecto SMS foi um desafio! Um desafio muito gratificante, não só como pessoa mas também enquanto profissional de saúde.

A nossa profissão, para além do cuidar, engloba muitas doses de humanismo e de doação em que se pode ser voluntário todos os dias. Para mim, ser voluntário não é agarrar uma oportunidade, é "criar oportunidades ao outro". Foi o que consegui viver durante a semana na Terrugem dando a oportunidade a cada elemento da comunidade escolar de abrir novos horizontes no que diz respeito à sua saúde e estilos de vida.


Felicito a Tecnifar e o staff deste projecto pelo empenho e por dar o melhor "pelo melhor de cada um", um lema que adoptei para a minha vida...

Mónica Ferreira

  • Enfermeira / ESSLei – IPL
  • Terrugem'10

Em primeiro lugar um agradecimento à escola que tem a ousadia de se envolver em projectos desta envergadura pois de outra maneira muito provavelmente muitos de nós não tínhamos conhecimento da existência de acções como esta e nunca assim participaríamos.


Esta foi a minha primeira experiência neste projecto maravilhoso e sinceramente espero repeti-la muitas mais vezes! Posso dizer que estes foram cinco dias de partilha que se tornaram fulcrais para mim, mas sobretudo como enfermeira. Ensinaram-me várias coisas nomeadamente que através da solidariedade que prestamos a uma população carenciada a vários níveis, estamos a promover a saúde e a prevenir a doença – essência fundamental para uma vida saudável e como se diz que “é de pequenino que se torce o pepino” é fundamentalmente nos jovens que devemos incutir práticas saudáveis para no futuro serem adultos saudáveis. Apesar de participarmos num projecto de voluntariado, posso dizer que me pagaram bem e recebi várias recompensas: recebi montes de sorrisos da população que se sentia satisfeita por esta iniciativa ter chegado até eles e por terem ali um ombro amigo com que conversar, recebi afectos, companhia, um convívio fantástico e uma união nunca vista.


Quero também dar um agradecimento especial ao staff pois são eles a dinâmica deste grupo. Foram sempre fantásticos, pois desde o início nos deixaram super à vontade, a disponibilidade e sobretudo o carinho e empenho que demonstraram para connosco logo desde o início, mesmo antes de nos conhecerem minimamente foi algo que nunca tinha visto e que me deixou bastante confortável perante todos os elementos deste projecto SMS. Depois de tudo isto fica a saudade e a vontade de rapidamente regressar à família SMS!


Até breve….

Joana Oliveira

  • Enfermeira / ESSLei-IPL
  • Terrugem'10

Serão sempre poucas, simples ou até mesmo insignificantes as muitas palavras que possa dizer sobre os dias na Terrugem… à minha cabeça somente surge “OS MELHORES DE SEMPRE”!

Pelo crescimento a nível profissional e pessoal, pelas amizades conquistadas, pelas gargalhadas partilhadas, mas acima de tudo pelo tão imenso sentimento de missão cumprida! O sentimento que todos estamos ali a dar o melhor de nós, para o melhor de cada um…

Solidariedade é sem dúvida a palavra certa para a definição deste projecto, sendo uma equipa multidisciplinar sempre disponível, com um espírito de iniciativa e sacrifício inexplicável e admirável em todos os níveis, tornando esta experiencia ainda mais estimulante e enriquecedora.

Dela retirei o máximo que consegui e dei o máximo que pude, e a todos os presentes nesta “missão” um muito obrigado, e um até À PRÓXIMA…

Um enorme beijo a toda a família SMS (assim me senti nestes dias, em família) …

Daniela Vieira

  • Enfermeira / ESSLei-IPL
  • Amora'10

Não tenho dúvidas que o projecto SMS é uma experiência deveras enriquecedora e absolutamente excepcional, dado o espírito de equipa multidisciplinar inerente.


É maravilhoso, como a união do pouco de cada um de nós fomenta o melhor de cada um, ambicionando-se estilos de vida saudáveis e a prevenção da doença, aquando a identificação de hábitos de saúde promíscuos.


Durante estes 3 dias alucinantes, pôde-se evidenciar uma comunidade com baixo nível sociocultural e económico, e também, mas não menos importante, com carências de índole relacional e afectivo, pelo que é de extrema importância este tipo de iniciativas. O bem-estar e a saúde das populações deveriam ser o objectivo primário da nossa sociedade dita “moderna e evoluída”.


De realçar, o espírito de equipa e de iniciativa contagiantes dos vários profissionais, não esquecendo o extraordinário staff da Tecnifar.


Não vou jamais esquecer, as relações estabelecidas e carinho obtidos dos demais intervenientes.


Um muito obrigado à Tecnifar e à Escola Superior de Saúde de Leiria, pela excelente oportunidade. Espero, que este adeus seja breve e que num futuro próximo cá nos encontraremos.


Até breve….

Diogo Gonçalves

  • Enfermeiro / ESSLei-IPL
  • Amora'10

SMS. Três letras com um significado muito maior que a sua própria sigla. A solidariedade parte do interior de cada um, e o sentimento retirado de uma acção deste tipo é gratificante para nós, mas essencialmente uma mais-valia para a população que abordamos. Foi uma experiência excelente, enriquecendo-me a nível pessoal e profissional. Estou contente por pertencer a esta família, que não quero abandonar.


SMS, dar o melhor "pelo melhor de cada um". Eu dei o meu melhor, e voltaria a dar para ver despontar o melhor de cada pessoa que contactamos.

Cátia Fa

  • Enfermeira / ESSLei-IPL
  • Amora'10 e Malveira da Serra'10

SMS?! Sem dúvida uma óptima experiência e uma grande iniciativa.


Foram dias de muita aprendizagem, convívio e diversão. Dias que nunca serão esquecidos...


Espero acima de tudo ter contribuído com o melhor "PELO MELHOR DE CADA UM"!


Agora resta a vontade de querer voltar!!


Até já...

Ângela Montez

  • Enfermeira / ESSLei-IPL
  • Amora'10 e Silvares'10


Adorei! Foi uma experiência muito gratificante, muito curta (apenas 3 dias) mas muito intensa!


Em pleno pude actuar no âmbito da enfermagem comunitária. Pude dar o melhor de mim para ajudar quem mais necessitava, acho que conseguimos fazer a diferença na vida de algumas das pessoas que chegaram até nós. Agradeço a todos os que estiveram envolvidos numa das mais gratificantes experiências que tive e que quero muito repetir. Nunca os esquecerei por terem feito de mim uma pessoa mais realizada, não estava à espera de ganhar tanto com este projecto, como ganhei, quer a nível pessoal quer profissional. Por isso, MUITO OBRIGADA!


SMS uma vez… SMS para sempre… ATÉ JÁ!

Patrícia Botelho

  • Enfermeira / ESSLei-IPL
  • Amora'10

Toda esta experiência foi fantástica e é com bastante orgulho que digo a todos os que me rodeiam que pertenci a este projecto. Foi sem dúvida uma experiência única e enriquecedora. É bom saber que fizemos a diferença de uma forma tão divertida e profissional ao mesmo tempo. Permitiu-me também, ganhar novas amizades, mais autonomia... sei lá, uma série de coisas que poderiam ocupar muitas páginas. A semana na Amora ficará sempre na minha memória e espero poder num futuro próximo poder voltar a fazer parte desta grande equipa SMS.

Mariana Aguinha

  • Amora'10

O melhor pelo melhor de cada um.” Este é o lema do Projecto SMS. Ainda que singelo, este lema resume tudo aquilo que o SMS representa: grupos de pessoas que se oferecem como voluntárias para dar o seu melhor pelo melhor de outras pessoas, mais carenciadas e com menos conhecimentos no que diz respeito à sua saúde. Foi com grande orgulho que passei a pertencer à família SMS: conheci pessoas fantásticas, incansáveis e extremamente divertidas. Fiz novos amigos e pude ajudar muitas pessoas a conhecer algumas das suas necessidades em saúde. Cresci como pessoa e como enfermeira, já que a ciência do cuidar também se desenvolve neste tipo de acções, por meio da transmissão dos meus conhecimentos à população. Sorrimos e fizemos sorrir… 
Um bem haja a toda a equipa. E… até à próxima SMS… Espero eu!

Rita Dias

  • Dietista / ESTeSL
  • Amora'10 e Buarcos'10

É muito bom ver que existem acções de promoção de saúde em Portugal tão bem organizadas e com objectivos tão importantes como o projecto SMS. E melhor ainda, é ver os resultados alcançados e o imenso entusiasmo e felicidade da população abrangida, bem como dos voluntários que ajudaram a concretizar esta acção. Ter feito parte deste projecto foi-me muito gratificante por ter permitido uma partilha de experiências sem igual.

(Amora)

Marta Martins

  • Enfermeira / ESSLei-IPL
  • Amora'10

Projecto SMS... Eu recomendo. Dar o nosso melhor "pelo melhor de cada um", foi o lema proposto...


Não foi nada difícil pô-lo em prática, pois quando se trabalha com uma equipa excelente a fazer o que mais se gosta, tudo se torna mais fácil.


Que bom é poder fazer a diferença apenas com um simples gesto... Fica o desejo de voltar... O meu muito obrigada por esta experiência única...

Ema Mata

  • Enfermeira / ESSLei-IPL
  • Amora'10

O SMS veio confirmar que dar sem receber, é também uma forma de atingir a sublimação humana!!! A todos o meu bem haja, e quando digo "todos" não me refiro só à entidade que organizou este projecto, mas a todos que para ele deram o seu contributo.

Sophie Fidalgo

  • Enfermeira / ESSLei-IPL
  • Amora'10

SIM ao projecto SMS. Jamais esquecerei esta experiência que me marcou bastante, quer profissional quer pessoalmente. É gratificante ver que, não só demos como também recebemos, e muito, através do sorriso de cada criança. Foi com muito orgulho que participei nesta acção… espero voltar.


Este projecto de solidariedade remeteu-me para uma reflexão do livro do "Principezinho", o qual diz: “ O essencial é invisível aos olhos… só se sente verdadeiramente as coisas com o coração."